QC Saúde
Água de gengibre

Água de gengibre: Ajuda a emagrecer? desintoxica? Saiba já!

Os produtos naturais são bem melhores do que os industrializados para o seu corpo, já que não possuem substâncias danosas ao organismo. A água de gengibre se encontra nessa situação, podendo melhorar diversas questões do seu corpo, eliminando as toxinas e ajudando no emagrecimento. Quer saber mais sobre a água de gengibre? Leia o nosso artigo a seguir.

O que é água de gengibre?

A água de gengibre é um produto bastante simples de se fazer. Basta pegar a raiz dessa planta, cortar em algumas fatias e colocar em um recipiente com água. Conta com diversos benefícios para a saúde e pode ainda ser combinada com outras substâncias, elevando ainda mais os seus benefícios para todo o corpo.

O que é gengibre?

O gengibre é considerado uma planta herbácea, com origem na China e na Índia. É utilizado há milhares de anos pela medicina, no Japão, por exemplo, ganha destaque no tratamento da coluna e das articulações. O gengibre pode também ser utilizado na gastronomia, em pratos salgados, servido fresco, seco ou em conserva.

Água de gengibre

Benefícios da água de gengibre

Quem nunca tomou um xarope de gengibre produzido pela avó? A planta é conhecida por sua capacidade anti-inflamatória, e quando consumida na água, poderá diminuir as celulites, evitar o aparecimento de algumas doenças e também proporcionar aceleração no procedimento de emagrecimento. Aqui vamos explicar detalhadamente cada um de seus benefícios e porque eles acontecem.

Emagrecimento

O emagrecimento é o principal benefício para as pessoas que consomem água de gengibre. O produto aumenta a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa coma menos e também conta com efeitos termogênico. O metabolismo será acelerado, fazendo com que todo o conjunto trabalhe melhor, além de ingerir menos alimentos, aumentando a perda de peso.

Para que o emagrecimento aconteça ainda mais rápido, é preciso consumir água de gengibre de acordo com as condições indicadas. Procure beber o produto ao longo do dia, principalmente nos intervalos das principais refeições. A saciedade vai durar ao longo do dia e o corpo se manter hidratado, sendo um importante aliado para quem precisa perder peso.

Elimina as toxinas

O gengibre é considerado um detox natural, auxiliando o fígado a trabalhar melhor, eliminando as toxinas e as enzinas que acumulam alimentos. Assim, o sistema de digestão fica mais limpo, facilitando também o emagrecimento. A água de gengibre é indicada também para quem faz musculação, justamente por esse “gás” que dá nas células.

Reduz as celulites

Esse benefício chama a atenção principalmente das mulheres e foi um dos motivos que fez com que a água de gengibre ganhasse popularidade nos últimos anos. A raiz do gengibre possui ação anti-inflamatória, que pode agir como estimuladora para as células que formam celulite. Assim, as marcas indesejadas no corpo irão diminuir, contribuindo também para a autoestima da mulher. Porém, a eliminação não será completa.

Melhora a saúde em geral

Consumir a água de gengibre poderá gerar outros benefícios para a sua saúde, que são percebidos ao longo do tempo. A raiz tem sido utilizada há milhares de anos para acabar com doenças e curar gripes ou resfriados, geralmente com o famoso xarope de gengibre. A razão pelo que isso acontece é devido a capacidade anti-inflamatória, agindo diretamente no ponto com dor.

Qual deve ser o consumo diário?

Os benefícios da água de gengibre podem ser adquiridos ao consumir 1g ou 2g do produto ao dia. Deve ser consumido diariamente, com frequência, não adianta fazer apenas em alguns dias. Para aumentar os benefícios, é possível mesclar com algumas outras substâncias, como limão ou canela. Exagerar na dose também não é legal, já que o seu corpo poderá receber mais substâncias fortes do que poderá aguentar, assim, a saúde que seria beneficiada pode entrar em risco.

Como fazer água de gengibre? Receita 1

O primeiro passo para fazer a água de gengibre é cortar rodelas da raiz, em quatro ou cinco pedaços. Basta colocar os pedaços da planta dentro de uma jarra com água e beber assim que desejar. É importante ficar atento ao “prazo de validade”, que dura no máximo um dia, se passar disso, jogue fora e prepare novamente, pois, a planta perderá muitos de seus benefícios.

Como fazer água de gengibre? Outras receitas

É possível também preparar água de gengibre com limão, uma fruta que potencializa os efeitos da planta. Assim, o metabolismo será ainda mais acelerado, aumentando a concentração de vitamina C, eliminando as impurezas e fortalecendo o sistema imunológico. Para fazer, basta colocar suco de limão ou espremer diretamente na água com gengibre, misturando bem na sequência.

Outra opção é misturar canela na água com gengibre, assim, irá evitar os picos de insulina, já que esse produto é capaz de controlar os níveis de açúcar no sangue. A receita é simples, pegue uma canela em pau e cinco rodelas de gengibre e misture na água, poderá ser levado ao fogo até ferver ou deixar descansando. Deverá ser bebido frio.

Contraindicações

Mesmo quando se trata de produtos naturais, que não envolvam compostos industrializados, praticamente sempre existe um grupo de pessoas que não dever consumir e com a água de gengibre não é diferente. Geralmente não é indicada para pessoas que possuem problemas físicos. Quem é alérgico ao gengibre deve ficar longe, já que o organismo irá absorver todos os componentes da raiz.

Portadores de problemas crônicos de saúde, como hipertensão ou dores estomacais deverá consultar um médico antes de iniciar essa prática. As lactantes ou grávidas também não devem consumir a água de gengibre, já que o efeito termogênico poderá fazer mal para o bebê. Tem um efeito parecido com o do café para mulheres nessa situação.

Quando devo parar de consumir?

A água de gengibre possui diversos benefícios que irão ajudar a melhorar a sua saúde, mas, em alguns casos poderá desencadear outros problemas no seu organismo. Se isso acontecer, o melhor é parar de consumir o produto, para que possa identificar a origem do problema. Algum tempo depois, até poderá voltar a utilizar, mas em menores quantidades. Dores no estomago e enjoos são fortes sinais.

Deixe seu comentário