QC Saúde

Conheça os benefícios da babosa para a saúde e beleza

A babosa também é conhecida por aloe vera, sendo uma planta existente em diversos locais do planeta. Suas capacidades medicinais são conhecidas há milênios, auxiliando na saúde dos humanos. Ela é encontrada à venda em supermercados, lojas de produtos naturais e pode ser facilmente cultivada em casa.

Essa planta pode ser utilizada para diversos tratamentos de beleza, como para tirar a caspa do cabelo, auxilia no combate as rugas e limpa as camadas profundas da pele. Além disso, serve para outros tratamentos internos no organismo, como para anemia, dor de cabeça e dor muscular.

Curiosidades sobre babosa

A babosa faz parte da família das Liliáceas, tendo origem africana e sendo semelhante ao cacto. Existem mais de 300 variações da babosa espalhadas por todo o mundo. Alguns historiadores afirmam que a planta era um dos segredos para a beleza de Cleópatra, no antigo Egito.

Também existem relatos falando que antigos grupos indígenas mexicanos e norte-americanos utilizavam a planta para tratar a pelo, o cabelo e problemas estomacais. Ainda na antiguidade, muçulmanos e judeus colocavam babosa em suas portas buscando proteção, perto de Meca, costumavam plantar ao lado dos túmulos, com a ideia de acalmar os mortos.

Gel da babosa

gel da babosa

O gel da babosa é utilizado externamente, seja para tratamento de pele ou de cabelo. Ele é retirado diretamente da planta, geralmente com uma faca flexível. Primeiro, deve ser retirado os espinhos e depois a sua casca, até chegar no gel. Conta com diversas aplicações devido a sua capacidade hidratante.

Ele é considerado um antirrugas natural, que pode ser aplicado diretamente no pescoço ou no rosto. Auxilia contra queimaduras solares, reduz a caspa e aumenta o crescimento do cabelo. Também é recomendado contra dores musculares e contra picadas de insetos.

Suco de babosa

Além do gel e suas diversas aplicações, também é possível fazer suco de babosa, para o uso interno. Todos os produtos desta categoria passam por rigorosos testes, principalmente pela presença da aloína, uma substância da babosa que pode irritar a mucosa intestinal. Por outro lado, conta com acemanano, que protege a mucosa gástrica.

O suco é recomendado para reforçar o sistema imunológico, protegendo o corpo contra vírus e bactérias. Também é bom para o tratamento gastrointestinal, mas antes um médico deve ser consultado. Existem mais contraindicações ao suco do que ao gel, como falaremos a seguir.

Como preparar o suco de babosa?

Para preparar o suco você deve pegar a planta, uma colher de sopa de vinagre branco, um copo de água (200 ml) e um copo de qualquer fruta cítrica (200 ml). Faça o procedimento de retirada do gel, até atingir duas colheres de sopa. Coloque o gel coletado em um liquidificador. Na sequência, coloque os outros ingredientes e bata até que a aparência fique uniforme. Para fechar, basta colocar em um copo ou em uma jarra e estará pronto para consumir.

Quais são os benefícios da babosa?

Benefícios da Babosa para a saúde [Infográfico]

Antioxidante e desintoxicante

Ela contém em sua composição 12 vitaminas, 15 enzimas, 18 aminoácidos, 20 minerais, 75 nutrientes e mais de 150 princípios ativos. A babosa é considerada uma excelente desintoxicante e antioxidante, capaz de combater radicais livres que atingem o organismo humano e provocam o envelhecimento.

A lista de benefícios é grande e alguns deles foram descobertos recentemente. Estudos realizados nos últimos anos apontam as possibilidades reais da babosa auxiliar como um potencial anticâncer, principalmente a aloe arborescens, uma variação da aloe vera.

Babosa para queimaduras

A babosa pode ser utilizada para tratar queimaduras de diferentes graus e com diferentes origens. Desde os primórdios ela é utilizada para tratamentos de pele. Antes de utilizar os poderes da planta, é preciso limpar com água fria o ferimento. Depois que a região já estiver preparada, pode começar o tratamento com a babosa.

Primeiro, corte um pedaço de babosa, retire seus espinhos e abra a planta, colocando-a em um recipiente. Caso não tenha a planta, pode comprar algum produto, como gel a base de babosa. Já com o produto em mãos, faça a sua aplicação na área atingida por queimadura e repita duas ou três vezes ao dia.

Babosa para queda de cabelo

A queda de cabelo é um problema que atinge homens e mulheres em diferentes idades. A babosa possui a capacidade de produzir colágeno, ajudando a fixar os fios de cabelo no couro cabeludo. A planta ainda é rica em minerais e água, fazendo com que os fios cresçam fortes e saudáveis.

Para utilizar é simples. Basta pegar duas colheres de sopa de gel de babosa e duas colheres de sopa de óleo de coco e misturar bem. Depois, aplique sobre o cabelo. Espere um período entre 10 e 15 minutos e depois faça a remoção, com água fria e shampoo. Faça isso apenas uma vez na semana.

Veja também – Hidratação de cabelo com babosa: saiba como fazer

Babosa e caspa

A babosa não ajuda apenas no crescimento do cabelo, como também auxilia em sua limpeza. A planta possui enzimas em sua formação, o que ajuda a eliminar células mortas. A caspa é repleta de células mortas, gerando uma cominação perfeita para combatê-las.

A mistura deve ser feita com duas colheres de sopa de gel de babosa, uma colher de mel e duas colheres de iogurte natural. O produto deve ser aplicado no couro cabeludo como forma de massagem. Após 30 minutos de repouso, o cabelo deve ser lavado, o que também deve ser feito apenas uma vez na semana.

Babosa contra vírus e bactérias

Pesquisas apontam que a babosa tem a capacidade de agir contra bactérias, fungos e vírus. Esse tratamento é feito por meio do suco, contribuindo para o sistema imunológico.

Contraindicações e efeitos colaterais da babosa

Praticamente todos os produtos ou plantas possuem algum efeito colateral, e com a babosa não é diferente. A planta proporciona forte ação purgante, podendo provocar a menstruarão em doses elevadas. Quando consumida internamente pode levar o usuário a ter nefrite.

A utilização interna não deve ser feita por grávidas, mulheres em período de menstruação ou que sofrem de inflamações uterinas e ovárias. Também não é recomendada para quem tem problemas de cálculos na bexiga ou sofre com hemorroidas. Crianças também não devem fazer uso interno de babosa.

Lembre-se: Antes de iniciar qualquer tratamento, mesmo que com elementos naturais, consulte seu médico.

Deixe seu comentário