QC Saúde

Pholia Negra: extrato auxilia no tratamento da obesidade!

Complementos alimentares, em especial os que apresentam fórmulas naturais, como a Pholia Negra, há muito tempo são explorados, principalmente para a perda de peso. De qualquer forma, neste contexto é importante ter cautela no comércio regular e não se esquecer de sempre obter orientações médicas adequadas. A seguir, confira mais informações a respeito deste assuntos e as principais controvérsias.

O que é Pholia Negra?

Existem divergências nas informações sobre o que é a Pholia Negra. Todavia, o consenso de algumas pesquisas e matérias, apontam que se trata de um extrato natural, obtido de ervas brasileiras variadas capaz de auxiliar no tratamento da obesidade.

Em muitos locais, ao procurar por Pholia Negra, é fácil notar que a erva-mate é muito citada. O curioso neste cenário, é que em determinados artigos, atribuí-se o termo Pholia Negra, como uma das nomenclaturas que a erva-mate recebe.

Por mais que a erva-mate, de nome científico illex paraguariensis, esteja presente ao falar da Pholia Negra, não significa necessariamente que de fato há uma relação entre ambas. A falta de comprovação e escassez de informações são fatores que dificultam conclusões.

De fato, a erva conta com benefícios variados no que diz respeito a obesidade, ajudando na redução do peso e até mesmo nos níveis de colesterol e glicose. Todavia, os poucos estudos sobre a Pholia Negra, apontam que não se sabe com exatidão quais desses princípios ativos da erva-mate fazem parte da composição desse complemento alimentar.

Benefícios da Pholia Negra

Normalmente as opções naturais que carregam a proposta de reduzir o peso, possuem a capacidade de promover a saciedade ou de acelerar a queima de gordura. As principais vantagens apontadas pelo uso desse complemento alimentar, visam essencialmente contribuir com a redução do peso. Dessa maneira, os supostos benefícios apresentados são:

  • Aumento da oxidação de gordura;
  • Inibição do esvaziamento gástrico;
  • Manutenção do peso por até 1 ano;
  • Redução da gordura visceral.

Determinados conteúdos apontam que a substância possui registro na ANVISA como insumo, ou seja, embora seja comercializada como complemento alimentar, é importante dar ênfase ao fato de que não pode e nem deve ser vendida como remédio.

É muito comum encontrar produtos que alegam propriedades poderosas para o organismo. Não é diferente ao falar da Pholia Negra, há casos em que itens com informações funcionais terapêuticas e de saúde estavam irregulares e sem registro da ANVISA, que por consequência da falta de comprovação de segurança, foram proibidos de fabricação, divulgação e venda.

Principais plantas medicinais

Embora a Pholia Negra seja classificada em alguns locais como uma planta ou extrato de ervas. É interessante conhecer mais sobre plantas utilizadas para fins medicinais. Afinal, há muitos anos alternativas naturais são exploradas para o tratamento ou prevenção de patologias.

No entanto, é preciso ressaltar que ser uma opção natural não indica a ausência de substâncias nocivas. Dessa maneira, é importante conhecer o que está sendo utilizado e consultar sempre um médico capacitado e de confiança para estabelecer o tratamento mais adequado para o seu tipo de caso.

Agrião: aponta-se que um dos principais benefícios do agrião, esteja ligado às suas propriedades expectorantes, que contribuem com a limpeza das vias respiratórias. Por essa razão, pode ser ingerido por meio de chás, sucos e até mesmo em saladas;

Babosa: conhecida popularmente como Aloe Vera, a babosa apresenta granes benefícios para a pele, promovendo a hidratação e melhor recuperação de lesões. Por causa de suas propriedades cicatrizantes, a planta tem sido alvo de pesquisas para analisar o tratamento de queimaduras e inflamações;

Camomila: é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias, capazes de favorecer a recuperação de processos inflamatórios que podem causar dores musculares. Além disso, é utilizada como tônico digestivo;

Capim-limão: essa opção é muito usada por suas propriedades analgésicas. Ainda mais, assim como no caso da camomila, pode contribuir para a expulsão de gases e estimular um melhor trabalho estomacal;

Confrei: aponta-se que o confrei seja usado principalmente para contribuir com a regeneração dos tecidos. Ainda mais, suas propriedades cicatrizantes são aproveitadas no tratamento de alguns tipos de hematomas. Vale lembrar que ele não deve ser ingerido de forma alguma;

Erva-doce: chamada também de anis, a erva doce tem finalidades que contribuem não apenas com a saúde, como também é comumente utilizada em opções alimentares e cosméticos. Aponta-se que auxilie a amenizar dores originadas de enxaquecas e problemas digestivos;

É imprescindível ter em mente que o efeito dessas plantas podem variar entre as pessoas. Além disso, não se recomenda que gestantes consumam algumas dessas opções, pois podem desencadear reações desfavoráveis para a saúde da mãe e do bebê. Ao apresentar sintomas suspeitos, busque sempre um médico.

Cuidados importantes

A obesidade é um problema sério, que envolve não apenas o excesso da gordura corporal, como também aumenta as chances de diversos problemas de saúde que podem ter sérias complicações, como as doenças cardiovasculares. Normalmente, o tratamento é e deve ser realizado com auxílio médico. No entanto, muitas pessoas buscam opções naturais, principalmente devido a propagandas que prometem resultados rápidos e eficazes.

Neste cenário, a comercialização de suplementos e remédios irregulares é muito grande, em especial, de itens que não apresentam comprovação de seus efeitos. Ainda assim, as propostas de redução de peso são divulgadas. É preciso ter cautela e nunca se automedicar, afinal, as doses e substâncias erradas, podem ser nocivas e possuem o potencial de agravar problemas de saúde já existentes.

De acordo com o que foi apresentado a respeito da Pholia Negra ao longo deste artigo, é possível notar uma grande escassez de estudos e consequentemente comprovações em torno de seus reais efeitos e composição. É uma alternativa que faz parte do grupo de complementos alimentares que prometem a eliminação de peso mais ágil.

O que se sabe pelos conteúdos divulgados, é que consiste em um extrato de ervas, que tem a erva mate como seu principal ativo. No entanto, há dúvidas sobre quais propriedades da erva são usadas na composição da Pholia Negra. Sendo assim, ao se interessar por medicamentos ou suplementos que visam a perda de peso, não se esqueça da importância de ter orientação médica.

Deixe seu comentário