QC Saúde
Como plantar e cultivar Babosa

Como plantar e cultivar Babosa

Certamente, você já ouviu falar da babosa, ou sofisticadamente conhecida como aloe vera. Essa planta possui longas folhas com espinhos e, quando cortada, excreta uma seiva pegajosa e transparente, ela tem função fitoterápica e conta com mais de 300 espécies espalhadas ao redor do mundo.

Além de muito utilizada na área de cosméticos, a aloe vera também é uma planta cheia de propriedades medicinais, pois é uma ótima bactericida, cicatrizante e tem capacidade para hidratar a pele e os cabelos.

Outra característica interessante da babosa é que suas folhas são conhecidas como ornamentais. No centro da babosa nascem flores amarelas que, geralmente, são usadas para embelezar jardins e arranjos.

O gel viscoso proveniente da planta possui efeito tranquilizante que ameniza as dores de queimaduras quando aplicado sobre a ferida.

A babosa conta com uma série de benefícios medicinais e estéticos que são totalmente naturais, não poluem o meio ambiente e auxiliam na saúde. Por conta disso, ter em mãos a planta no jardim de casa é uma prática adotada por muitas pessoas. Abaixo, você confere o passo a passo para o plantio e o cultivo dessa planta.

Como plantar e cultivar Babosa

Como plantar babosa em casa?

A princípio é necessário checar o solo, saber se ele é bem drenado, fofo e permeável. O ideal é misturar 50% de areia média (de rio e lavada) e 50% de terra orgânica adubada com composto. Feito isso, terá o local perfeito para o plantio da babosa. Plantas como a aloe vera não gostam de terra muito molhada, por isso é utilizada a areia.

O próximo passo é preparar o vaso (ou pode ser em um jardim) com bastante espaço, pois a raiz da babosa é extensa e precisa de um local amplo para crescer. Verifique se o vaso não retém água na parte interior, pois poderá apodrecer as raízes da babosa.

Quando a aloe vera atinge a fase adulta, produz cerca de quinze a trinta folhas por ano. A folha da babosa é firme, carnosas e quebradiças e é dela que sai a seiva, utilizada para um montante de procedimentos estéticos e medicinais. As folhas medem de 20 a 50 centímetros de comprimento quando maduras e possuem cerca de 8 centímetros de largura.

Como cultivar babosa?

Para o cultivo correto da babosa é necessário rega-la uma vez por semana. Basta pulverizar água comum nas folhas e flores da planta. A aloe vera encontra-se na classe das plantas suculentas, ou seja, ela própria é responsável por armazenas água em seu interior.

A babosa precisa de muito sol, portanto, se você deseja cultivar a planta dentro de caso ou em apartamento, escolha um local bem arejado e de fácil entrada de luz solar. A beira de uma janela é o local ideal. A babosa necessita de pelo menos 8 horas de luz natural diária.

Essa regra vale principalmente para quem mora em regiões muito frias. Durante o inverno rigoroso a planta até sobrevive num estado de dormência, mas congela e morre em temperaturas abaixo de 4°C.

Evite deixar a planta exposta à chuvas, pois, assim como foi mencionado acima, elas não precisam de muita água para sobreviver e o excesso fará com que ela apodreça. Quando realizar a troca de vasos da muda de babosa, cuide para que as folhas fiquem bem acima da terra, no caso do contato direto com a terra, também poderá ocasionar o apodrecimento da sua babosa.

Receitas de babosa para o cabelo

A babosa é uma planta que conta com diversas propriedades e uma delas é excelente para hidratar as madeixas. Além disso, as alternativas naturais estão sendo muito procuradas porque não danificam o cabelo e proporcionam mais qualidade de vida.

Abaixo, você confere 5 receitas com babosa que vão melhorar a qualidade o seu cabelo:

  1. Creme para fortalecimento dos fios

Ter um cabelo forte e saudável é o sonho de dezenas de pessoas. No entanto, poucos sabem que a babosa oferece compostos capazes fortalecer os fios de cabelo. Acompanhe a lista de ingredientes e o modo de preparo: 

Ingredientes

  • 1 colher de sopa do gel da babosa;
  • Creme de tratamento (quantidade que você já usa).

Modo de preparo

Misture a seiva da babosa (miolo transparente) com o creme que você já utiliza normalmente. Aplique a mistura nos cabelos úmidos e massageie bem, mantenha um espaço de 4 dedos longe da raiz. Coloque a touca plástica e deixe agir por 30 minutos. Em seguida, enxágue os cabelos retirando toda mistura dos fios e pronto! Realize este procedimento de 2 a 3 vezes por semana e os resultados aparecerão dentro de alguns dias.

  1. Condicionador de aloe vera

Este condicionador 100% caseiro ajuda a reparar danos capilares, com pontas dublas e ressecamento. Além disso, nessa composição também vai o óleo de coco, rico em ácidos graxos e ajuda na restauração do cabelo.

 Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de babosa;
  • 3 colheres de sopa de óleo de coco.

Modo de preparo

Aqueça o óleo de coco no microondas ou em banho maria até que esteja completamente derretido. Misture junto com o gel da babosa até que fique com aspecto homogêneo. Feito isso, aplique nos cabelos úmidos e deixe agir durante 15 minutos. Posteriormente, lave até que saia toda a mistura.

Faça esse procedimento de 1 a 2 vezes por semana.

  1. Spray de aloe vera

Este spray vai ajudar a manter o cabelo bem hidratado durante o dia, para evitar o frizz. Vale destacar a importância de utilizar água filtrada e pura no processo de preparo pelo fato da receita não ter nenhum tipo de conservante. O gel de babosa puxa a umidade do ar para manter o cabelo liso.

Ingredientes
  • ½ xícara de aloe vera;
  • ½ xícara de água pura.

Modo de preparo

Pegue um spray de algum produto antigo que estiver na sua casa, ou compre em uma loja de conveniência. Misture a água e o gel da babosa dentro do frasco de spray e agite bem. Depois é só borrifar em todo o comprimento do cabelo, de preferência seco, sempre que quiser.

Deixe seu comentário